• PWR Marketing Digital

E-commerce para micro e pequenas empresas

Atualizado: 29 de Mar de 2019


Assim como no mundo real, no mundo digital você precisará de alguns requisitos para montar um comércio, são eles: Um domínio (o endereço), uma hospedagem (o terreno) e um programa de e-commerce (uma casa).



  • Tanto o Empreendedor Individual, a Micro, a Pequena, a Média e a Grande Empresa podem utilizar este método de vendas, por meio de uma loja virtual;

  • Qualquer pessoa pode acessar a loja virtual, em qualquer lugar do mundo;

  • Possibilita a diminuição de custos com aluguel de lojas físicas;

  • Permite a venda do produto ou serviço para todos, desde que haja um método de fretamento.

Seu endereço, Domínio: Como registrar um domínio?


O Domínio será o endereço de seu e-commerce na internet, por exemplo, www.suaempresa.com.br .  Para organizar os endereços da internet existe uma instituição chamada Registro, acessando www.registro.br, você poderá escolher e comprar o seu domínio.


Nesta escolha considere os 3 pontos abaixo:

  • Que tenha a ver com o nome da empresa;

  • Que não seja comprido demais;

  • Que seja facilmente lido e memorizado.



A hospedagem, como seu site vai para o ar?



Diferente do que acontece no mundo real, no mundo digital o endereço não vem junto com o terreno, é necessário alugar um espaço para construir sua casa. Este espaço onde você irá colocar o e-commerce é chamado de hospedeiro. Trata-se de um computador especial onde seu e-commerce será instalado. Para adquirir este espaço é necessário pesquisar por empresas de hospedagem de sites, existem inúmeras na internet com diversos valores.


Como escolher a empresa para desenvolver meu

e-commerce?



Primeiramente você deve procurar uma empresa especializada na criação de programas de computador do tipo e-commerce. Esta empresa irá executar todas as fases de construção de seu e-commerce.

Para contratar estes profissionais, exija sempre:

  • Um contrato que possua dados sobre a manutenção do e-commerce posterior sua instalação;

  • Um cronograma detalhado e organizado das atividades á serem executadas para desenvolvimento do e-commerce;

  • E outros documentos que achar importantes para resguardar os seus e os direitos da empresa contratada.

Acompanhe sempre o decorrer do desenvolvimento de sua loja virtual, lembre-se, este é o projeto da edificação de seu comercio, na internet.


Ponto principal: Como gerar tráfego e compradores no meu site?


Ao iniciar o planejamento de marketing digital, o varejista deve saber como gerar tráfego pago ou orgânico para o seu e-commerce, pois esse é o primeiro passo para aumentar audiência e vendas do seu negócio. Se você está com dificuldades ou ainda não sabe nada sobre esse assunto, nesse artigo conhecerá alguns caminhos para atrair novos clientes para a sua loja.


É muito comum que novos empreendedores ou até mesmo empresas que não possuam experiência com os canais digitais, não entenderem que é tráfego e sua importância para ter um projeto de e-commerce sólido.



O que é tráfego?


O que mais vi ao longo desses anos são diversas empresas com maturidade de mercado e novos empreendedores criarem uma loja, mas não saberem como atrair clientes, é aí que surge o conceito de tráfego.

O tráfego nada mais é do que o volume de pessoas que chegam até o seu site. Para que fique mais fácil de você assimilar, sabe aquele velho conceito de que lojas físicas precisam de “movimento”, quantidade de pessoas que entram no estabelecimento? Para o e-commerce é a mesma coisa, pois quanto maior o volume de pessoas, mais vendas.

Formas de gerar tráfego para um e-commerce

Agora que você entendeu a importância do tráfego, separei algumas ações que você pode aplicar nas estratégias do seu e-commerce:


SEO

A estratégia de SEO tem como objetivo atrair visitantes pela busca orgânica dos motores de busca. Um dos seus principais benefícios é que não há a necessidade de investimento de mídia. Para você entender a importância dessa estratégia, segundo estudos, 93% da experiência online começa com um motor de busca.


Marketing de conteúdo é outra estratégia que atua em conjunto com o SEO. Com ele, além de atrair tráfego para a sua loja por canais como blog, redes sociais e etc, você consegue impactar os possíveis compradores dos seus produtos ao longo da jornada de compra.


Sem dúvida, nos últimos anos a utilização do marketing de conteúdo pelos e-commerces vem crescendo e existem até algumas estatísticas que já comprovam o benefício para as empresas.


  • 82% dos consumidores têm uma opinião mais positiva sobre a empresa depois de ler o conteúdo personalizado;

  • 70% dos consumidores se sentem uma conexão mais próxima com a marca. (Fonte: DemandMetric);








Redes sociais



O primeiro ponto a se levar em conta é; eu preciso estar em todas? Não, identifique onde o seu público está! Lembre-se quem quer estar em todos os lugares acaba em nenhum! O Foco é fundamental as redes sociais já não são mais uma novidade para as empresas faz tempo e sim uma realidade. Com ela, além da geração de tráfego pela base de fãs, quanto trabalhadas por profissionais você consegue aumentar sua taxa de conversão por conta da prova social.


Boas vendas!

E ai gostou do post? Sua opinião é muito importante para nós continuarmos a produzindo conteúdo de qualidade.


Caso tenha alguma dúvida fale conosco, nossos especialistas estão a disposição para o esclarecimento ajudá-lo(a).

Política de Privacidade

© 2020 - PWR Marketing Digital - CNPJ 30.087.582/0001-56

 Todos os direitos reservados