• PWR Marketing Digital

E-commerce para micro e pequenas empresas

Atualizado: 29 de Mar de 2019


Assim como no mundo real, no mundo digital você precisará de alguns requisitos para montar um comércio, são eles: Um domínio (o endereço), uma hospedagem (o terreno) e um programa de e-commerce (uma casa).



  • Tanto o Empreendedor Individual, a Micro, a Pequena, a Média e a Grande Empresa podem utilizar este método de vendas, por meio de uma loja virtual;

  • Qualquer pessoa pode acessar a loja virtual, em qualquer lugar do mundo;

  • Possibilita a diminuição de custos com aluguel de lojas físicas;

  • Permite a venda do produto ou serviço para todos, desde que haja um método de fretamento.

Seu endereço, Domínio: Como registrar um domínio?


O Domínio será o endereço de seu e-commerce na internet, por exemplo, www.suaempresa.com.br .  Para organizar os endereços da internet existe uma instituição chamada Registro, acessando www.registro.br, você poderá escolher e comprar o seu domínio.


Nesta escolha considere os 3 pontos abaixo:

  • Que tenha a ver com o nome da empresa;

  • Que não seja comprido demais;

  • Que seja facilmente lido e memorizado.



A hospedagem, como seu site vai para o ar?



Diferente do que acontece no mundo real, no mundo digital o endereço não vem junto com o terreno, é necessário alugar um espaço para construir sua casa. Este espaço onde você irá colocar o e-commerce é chamado de hospedeiro. Trata-se de um computador especial onde seu e-commerce será instalado. Para adquirir este espaço é necessário pesquisar por empresas de hospedagem de sites, existem inúmeras na internet com diversos valores.


Como escolher a empresa para desenvolver meu

e-commerce?



Primeiramente você deve procurar uma empresa especializada na criação de programas de computador do tipo e-commerce. Esta empresa irá executar todas as fases de construção de seu e-commerce.

Para contratar estes profissionais, exija sempre:

  • Um contrato que possua dados sobre a manutenção do e-commerce posterior sua instalação;

  • Um cronograma detalhado e organizado das atividades á serem executadas para desenvolvimento do e-commerce;

  • E outros documentos que achar importantes para resguardar os seus e os direitos da empresa contratada.

Acompanhe sempre o decorrer do desenvolvimento de sua loja virtual, lembre-se, este é o projeto da edificação de seu comercio, na internet.


Ponto principal: Como gerar tráfego e compradores no meu site?


Ao iniciar o planejamento de marketing digital, o varejista deve saber como gerar tráfego pago ou orgânico para o seu e-commerce, pois esse é o primeiro passo para aumentar audiência e vendas do seu negócio. Se você está com dificuldades ou ainda não sabe nada sobre esse assunto, nesse artigo conhecerá alguns caminhos para atrair novos clientes para a sua loja.


É muito comum que novos empreendedores ou até mesmo empresas que não possuam experiência com os canais digitais, não entenderem que é tráfego e sua importância para ter um projeto de e-commerce sólido.



O que é tráfego?


O que mais vi ao longo desses anos são diversas empresas com maturidade de mercado e novos empreendedores criarem uma loja, mas não saberem como atrair clientes, é aí que surge o conceito de tráfego.

O tráfego nada mais é do que o volume de pessoas que chegam até o seu site. Para que fique mais fácil de você assimilar, sabe aquele velho conceito de que lojas físicas precisam de “movimento”, quantidade de pessoas que entram no estabelecimento? Para o e-commerce é a mesma coisa, pois quanto maior o volume de pessoas, mais vendas.

Formas de gerar tráfego para um e-commerce

Agora que você entendeu a importância do tráfego, separei algumas ações que você pode aplicar nas estratégias do seu e-commerce:


SEO

A estratégia de SEO tem como objetivo atrair visitantes pela busca orgânica dos motores de busca. Um dos seus principais benefícios é que não há a necessidade de investimento de mídia. Para você entender a importância dessa estratégia, segundo estudos, 93% da experiência online começa com um motor de busca.


Marketing de conteúdo é outra estratégia que atua em conjunto com o SEO. Com ele, além de atrair tráfego para a sua loja por canais como blog, redes sociais e etc, você consegue impactar os possíveis compradores dos seus produtos ao longo da jornada de compra.


Sem dúvida, nos últimos anos a utilização do marketing de conteúdo pelos e-commerces vem crescendo e existem até algumas estatísticas que já comprovam o benefício para as empresas.