• PWR Marketing Digital

SEO para YouTube: Como o Google reconhece conteúdo em vídeo

O trabalho de otimização e SEO é responsável por indicar a ferramenta quais são os melhores vídeos para o usuário, os youtubers devem estar sempre trabalhando e otimizando esse conjunto de táticas.


Para te ajudar nessa tarefa, reunimos abaixo as principais informações e dicas sobre o SEO para o YouTube. Aproveite a leitura!



Como o Google reconhece o conteúdo dos vídeos

Os responsáveis por ordenar os vídeos das páginas de resultados do YouTube são robôs, desenvolvidos pela plataforma para organizar os conteúdos conforme sua qualidade e relevância.

Mas… como esse sistema consegue extrair essas características dos vídeos?

Os elementos analisados pelos robôs da plataforma são:

  • Dados estruturados

  • Áudio

  • Caracteres

Em relação aos caracteres, estes estão presentes nos títulos, descrições e tags utilizados pelo produtor para indicar o assunto do vídeo.

E essas informações são processadas pelo sistema durante o ranqueamento, influenciando bastante na posição que o vídeo será colocado.

Diante disso, a otimização de SEO para YouTube ajuda os produtores a satisfazer esse requisito, garantindo as melhores posições.


Por isso, descubra abaixo mais informações sobre esse conjunto de estratégias!


O que é SEO para YouTube?


O Search Engine Optimization — ou otimização para motores de busca, em português — consistem em um conjunto de estratégias voltadas a adequar as páginas da web aos fatores de ranqueamento. Dessa forma, o site garante melhores posições nos resultados de pesquisa, assim como maiores taxas de cliques, visualizações e até mesmo conversão.


No caso do SEO para YouTube, o conceito reúne as estratégias que os produtores de vídeo devem aplicar para que seus conteúdos sejam indicados pela plataforma aos usuários.


Como o YouTube faz parte do Google atualmente, o principal objetivo desse sistema também é entregar os melhores resultados aos usuários, proporcionando uma excelente experiência.


Então, cabe aos produtores indicarem para a ferramenta através do SEO para YouTube que seus vídeos possuem relevância para determinada palavra-chave.


Por que otimizar o SEO para YouTube?


Você sabia que o YouTube possui uma audiência diária de 2 bilhões de pessoas?

Inclusive, essa plataforma é o 2º maior mecanismo de busca do mundo e o segundo site com maior tráfego do mundo — perdendo apenas nos dois rankings para o Google.

Com tantos números incríveis, investir no YouTube acaba sendo uma excelente oportunidade para quem deseja ganhar dinheiro na internet ou garantir mais um canal de divulgação para a marca.


Por exemplo, imagine que você possui uma agência de marketing digital. Ao produzir conteúdos em formato de vídeo para o YouTube, sua empresa atrai mais pessoas para seu site e, consequentemente, mais clientes. Contudo, para aproveitar essa oportunidade, os seus vídeos devem estar nas primeiras colocações das páginas de busca da plataforma.


Assim, as chances dos usuários realmente assistirem seu conteúdo são bem maiores que se o vídeo estiver na segunda página ou adiante.


E aqui entra a importância de otimizar o SEO para YouTube!


Aplicando essas estratégias, você será capaz de indicar para os robôs da plataforma — responsáveis por ordenar os resultados das páginas — que seu conteúdo possui relevância e qualidade para o usuário.


Merecendo estar nas primeiras (ou na primeira) posição!

Sem falar que ao aplicar as estratégias corretamente, seu vídeo não apenas garante maiores chances de aparecer nas posições iniciais dos resultados no YouTube, como também de ser indicado nas pesquisas do Google.


Afinal, o SEO do Google é bastante semelhante ao da plataforma de vídeo, dado que a grande empresa de buscas é a atual administradora do YouTube.


10 estratégias de SEO para aplicar no YouTube


Deseja melhorar o desempenho do seu canal? Veja abaixo 10 estratégias incríveis para otimizar o SEO e alcançar melhores resultados no YouTube!


1. Faça pesquisas de palavras-chave


O primeiro passo de toda estratégia de SEO é a pesquisa de palavras-chave — e no YouTube esse processo não é diferente!


A partir desses termos, você será capaz de informar ao usuário e a plataforma qual o principal tema do seu conteúdo. Desse modo, quando uma pessoa pesquisar a mesma palavra-chave utilizada por você (ou alguma semelhante) o YouTube poderá indicar seu vídeo como uma das principais recomendações naquele determinado assunto.

Entretanto, não basta apenas escolher qualquer palavra-chave e esperar bons resultados.


É necessário identificar quais são os termos mais utilizados pelo usuário que você deseja alcançar e assim garantir um maior número de cliques.

Para isso, leia nosso conteúdo com 10 ferramentas de SEO validadas para otimizar e impulsionar seu site e conheça os melhores planejadores de palavras-chave.

Ah! A pesquisa de palavras-chave não apenas contribui para o processo de otimização do SEO para YouTube, como também na criação de ideais para os próximos conteúdos!


2. Adicione tags aos seus vídeos


As tags funcionam como palavras-chave auxiliares, indicando a plataforma que seu conteúdo também é capaz de satisfazer outras keywords.

Por exemplo, caso você escolha como palavra-chave principal “marketing digital”, mas seu vídeo aborda também temas como:

  • Como fazer marketing digital

  • Vantagens do marketing digital

  • Estratégias de marketing digital

Para indicar ao YouTube que seu conteúdo atende essas pesquisas, você deve utilizar as tags. Mas, cuidado com o exagero! Ao inserir muitas tags, você corre o risco da plataforma não identificar esse recurso — prejudicando o seu ranqueamento.

O ideal é colocar, no máximo, 10 tags.


Essas palavras-chave auxiliares podem ser extraídas dos resultados obtidos na etapa anterior, ou através do estudo dos conteúdos dos canais concorrentes ao seu.


3. Escolha um título criativo e atraente


Ainda que o YouTube coloque seu vídeo na primeira posição dos resultados de busca, sem um bom título os usuários dificilmente vão clicar em seu conteúdo.

Então, crie frases que despertem o interesse do usuário para escolher seu vídeo e assistir o conteúdo até o final.

Por exemplo, substitua “Como fazer bolo” por “A melhor receita de bolo da internet” ou “Passo a passo super fácil de como fazer bolo”

Em relação ao SEO para YouTube, essas dicas vão te ajudar a otimizar o título do seu vídeo:

  • Inclua a palavra-chave;

  • Crie títulos com 40 até 55 caracteres;

  • Evite frases sensacionalistas ou polêmicas;

  • Seja objetivo;

  • Não faça promessas falsas;

  • Provoque a curiosidade ou emoção do usuário.

4. Não esqueça das legendas e transcrições


Outra forma de otimizar o SEO para YouTube é incluindo no conteúdo legendas e transcrições. Lembra anteriormente quando falamos que uma das maneiras da plataforma entender os vídeos é através dos caracteres adicionados?


As legendas e transcrições são as principais, dado que os robôs não conseguem analisar os conteúdos visuais, mas são capazes de identificar o assunto abordado em textos.

Recomendamos que você transcreva todo o vídeo e adicione marcações de tempo, transformando essa ferramenta em legendas.


Além disso, com as legendas os seus vídeos se tornam mais acessíveis aos usuários que possuem dificuldades auditivas.


5. Escreva descrições estratégicas


Ao realizar o upload do vídeo, o YouTube oferece mais uma opção para você otimizar o conteúdo: adicionar uma descrição.


Com essa ferramenta, é possível também fornecer mais informações para o usuário sobre o vídeo, aumentando as chances daquela pessoa clicar em seu conteúdo.

A descrição pode ter, no máximo, 500 caracteres e o texto deve possuir as principais palavras-chave utilizadas ao longo do vídeo.


Dessa forma, tanto o usuário como o próprio YouTube serão capazes de compreender melhor a temática abordada por você.


Retornando ao exemplo do uso do termo “marketing digital” como palavra-chave. Naquela hipótese, você poderia criar essa descrição:


Descubra tudo sobre o Marketing digital! Estratégias, vantagens e as melhores ferramentas para ajudar sua marca a alcançar o público certo. Clique nesse vídeo e saiba mais.


6. Incentive o engajamento do público


Quem nunca assistiu um vídeo e ouviu a famosa frase “Se você gostou desse vídeo, não deixe de inscrever no canal para ter acesso a outros conteúdos!”?


Ainda que cada youtuber possua sua própria chamada para engajamento, essas frases são comuns, pois ajudam a melhorar a interação do público.


Consequentemente, você acaba indicando ao SEO para YouTube que os usuários gostam dos seus vídeos — afinal, ninguém curte, comenta e compartilha algo que desgosta — aumentando a autoridade e referência do seu canal como um todo.

Então, ao longo do vídeo, interaja com o usuário!


Incentive que ele faça comentários sobre um tema dito (“Se você concorda comigo, deixe nos comentários!”) ou peça para curtir o vídeo e se inscrever em seu canal.

Uma estratégia bastante utilizada pelos youtubers é prometer um determinado conteúdo, ação ou até mesmo descontos caso o vídeo alcance um objetivo.


Por exemplo, prometa produzir conteúdos semelhantes caso o publicado alcance um número x curtidas ou libere descontos da sua loja a cada x usuários inscritos.


Só não esqueça de cumprir todas as suas promessas!


7. Edite o nome do arquivo de vídeo

Antes de publicar, insira a palavra-chave principal do seu conteúdo no nome do arquivo do vídeo.


Mesmo que pequena, essa ação pode fazer diferença na otimização do SEO para YouTube, pois é mais uma forma de indicar a plataforma o assunto que o conteúdo aborda. Portanto, troque sempre os nomes genéricos dos arquivos de vídeo, sobretudo números e código aleatórios, pelas palavras-chave principais.


8. Divulgue o seu canal e os conteúdos


Não dependa apenas do SEO do YouTube para atrair audiência para o seu canal!

Utilize também outros canais de comunicação digital para divulgar os conteúdos e convidar ainda mais pessoas a assistirem seus vídeos.Por exemplo, crie uma conta no Instagram para seu canal, divulgando os vídeos novos publicados, assim como as lives.


Não esqueça de alimentar os seguidores dessa rede, produzindo conteúdos.

Dica: extraia ideia de pautas para posts dos próprios vídeos do YouTube, indicando-os como complemento daquela publicação — por exemplo, inclua na legenda esse CTA “Quer saber mais? Acesse nosso canal e assista na íntegra nosso vídeo sobre o tema”.

Além do Instagram, você pode utilizar esses canais para divulgar seus vídeos no YouTube:

  • Blog do site;

  • E-mail marketing;

  • Fóruns e sites de perguntas e respostas.

Responda também os comentários dos seus usuários e mensagens enviadas nas redes sociais, aumentando o relacionamento com as pessoas e a fidelização deles com seus conteúdos.


9. Foque em relevância ao invés da duração


De acordo com um estudo realizado pela Briggsby, os vídeos com duração média de 11 minutos e 44 segundos são os que mais ocupam as 5 primeiras posições dos resultados de busca do YouTube.


Então, segundo essa pesquisa, a duração média ideal para seus conteúdos deve ser de, pelo menos, 12 minutos.


Contudo, devemos lembrar que um dos principais objetivos do YouTube é entregar aos seus usuários conteúdos de qualidade!


Portanto, se você precisar escolher entre qualidade e duração, sempre dê preferência à primeira opção.


Ao invés de ficar enchendo seu vídeo de linguiças, gifs aleatórios e pausas dramáticas desnecessárias, foque em satisfazer a necessidade do usuário. Ou seja, responder a pergunta que iniciou todo o processo de pesquisa. Ainda que seu conteúdo não consiga atingir a média dos 12 minutos, se ele possuir alta qualidade e relevância, as chances de garantir uma das primeiras posições será grande.


10. Estude o Analytics do YouTube

O Google Analytics é o principal aliado durante o processo de desenvolvimento de estratégias de SEO do Google. No caso do SEO para YouTube, esses produtores também possuem acesso a uma plataforma de análise de desempenho personalizada.

O YouTube Analytics!


Para encontrar a ferramenta você pode clicar no link acima ou acessar a opção “Estatísticas” no YouTube Studio.

Ao entrar no YouTube Analytics, será possível analisar inúmeros dados de desempenho do seu canal, como:

  • Alcance;

  • Tempo de exibição;

  • Envolvimento do público;

  • Visualizações;

  • Inscritos.

E outras informações que vão te ajudar a entender como seu canal está se desempenhando na plataforma e quais estratégias você precisa aplicar para melhorar esses dados.


O YouTube Analytics deve ser monitorado com frequência, especialmente durante o teste de novas estratégias.


Nota final

O SEO para YouTube é seu maior aliado na busca do crescimento orgânico na plataforma de vídeos. Por isso, aplique as dicas apresentadas ao longo desse conteúdo e otimize os fatores de ranqueamento dos seus vídeos.


A PWR é uma agência de marketing digital especialista em SEO, contamos com vários cases em nosso site.


Se preferir, conte com o suporte especializado de uma agência de marketing digital, que vai não apenas melhorar seu SEO para YouTube, como toda a sua presença no mundo digital.

Faça uma anaálise de SEO gratuita do seu site ou canal do Youtube






Gostou do conteúdo? Leia também:



6 visualizações0 comentário