• PWR Marketing Digital

Como conseguir mais clientes com marketing digital jurídico


Como advogados podem usar o marketing digital jurídico para conseguir mais clientes se não podem promover publicidade dos seus serviços?


Apesar dessa restrição, se você souber usar a internet da maneira certa, é possível aumentar bastante sua visibilidade e assim captar mais clientes.


Ao longo desse material, explicaremos como funciona o marketing jurídico, suas vantagens, como implementá-lo e as devidas restrições.


Aproveite a leitura!






O que é marketing digital jurídico?


O marketing digital é um conjunto de estratégias voltadas à atração e retenção de clientes através dos canais de comunicação online.


Seus métodos envolvem, sobretudo, oferecer conteúdos relevantes ao público-alvo, esperando como troca a conversão deles em clientes — adquirindo os serviços e produtos comercializados.


Desse modo, o marketing digital jurídico nada mais é do que o direcionamento dessas práticas para o campo jurídico, permitindo que advogados e escritórios divulguem seu trabalho no mundo virtual.


Atualmente, essa é uma excelente alternativa para atrair clientes, dado que a publicidade direta é proibida pela Ordem dos Advogados Brasileiros.


Vantagens do marketing jurídico para advogados


Segundo informações da OAB, há mais 1,1 milhão de advogados devidamente cadastrados — sendo que 63% estão concentrados nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Conseguir se destacar em meio a tanta concorrência não é uma tarefa fácil, sobretudo nessas regiões com maior número de profissionais.


Para conseguir espaço no mercado, o marketing jurídico e suas vantagens serão aliados fundamentais. Conheça-as a seguir:


Maior autoridade


Mesmo com tantos advogados registrados no Brasil, essa é uma das profissões mais bem pagas do país. Ou seja, ainda é possível conquistar um sucesso financeiro como advogado, mas, você precisa se destacar no mercado.


A melhor maneira de fazer isso é demonstrando a sua autoridade e competência.

Uma das estratégias do marketing digital jurídico que pode te ajudar nessa tarefa é a produção de conteúdo. Com ela, você vai produzir materiais digitais para usuários da internet, explicando assuntos comuns da sua área de atuação.


Quanto mais propriedade você demonstrar nesses conteúdos, maior será a confiança do leitor em relação aos seus serviços. Assim, quando ele precisar de assistência jurídica, temos certeza que seu nome será um dos primeiros da lista.


Aumenta a sua visibilidade


Como dito, destacar-se no mercado é um dos principais desafios dos advogados, o qual pode ser superado com o marketing jurídico. Afinal, essa estratégia transforma seu site profissional (ou perfil da rede social) em uma isca para pessoas com dúvidas na área jurídica, que buscam por ajuda de especialistas.


Com o marketing digital você abre as portas do seu escritório para um canal de distribuição e propaganda, sem ferir as diretrizes éticas da OAB.


Gera conexão com o público


Com a evolução das redes sociais, a conexão transformou-se em um dos pilares da sociedade moderna. Entretanto, a reputação construída sobre a imagem da maioria dos profissionais do direito acaba dificultando essa conexão com o público, afastando essas partes.


O marketing digital jurídico é uma forma de quebrar esse padrão e se aproximar mais dos seus clientes em potencial — te ajudando a conquistar a confiança dessas pessoas.


Nesse caso, as redes sociais são os canais mais indicados, em que o advogado pode publicar conteúdos humanizados, mostrando sua rotina, tirando dúvidas dos seguidores e gerando uma maior conexão e identificação com o público.


Networking


Profissionais do direito também utilizam o mundo digital para buscar referências e informações jurídicas. Ao investir no marketing digital jurídico, seu site se torna uma das fontes para esses profissionais que podem indicar seus conteúdos para outros advogados ou até mesmo leigos na área — que, no futuro, podem se tornar clientes.


Ademais, é possível se conectar diretamente com esses profissionais nas redes sociais, como Instagram, garantindo um networking ainda mais pessoal e efetivo!


7 passos para iniciar no marketing digital jurídico


Como foi possível perceber, o marketing jurídico digital é um dos melhores caminhos atualmente para atrair clientes.


Portanto, conheça abaixo 7 etapas a serem seguidas pelos advogados que desejam implementar essa estratégia em suas carreiras.


1- Defina a sua persona


O direito atua em vários setores — empresarial, família, trabalho, tributário e demais áreas— e assim como os conceitos, leis e interpretações são diferentes em cada um,

o público-alvo desses ramos também se difere.


Por exemplo, enquanto os clientes dos advogados criminais são cidadãos em busca de auxílio em decorrência de uma suposta infração penal, as pessoas que buscam advogados trabalhistas necessitam de apoio para resolver questões de relações empregatícias.


Então, é fundamental definir qual a sua persona (ou cliente ideal) baseado tanto na sua área de atuação, como no perfil dos antigos clientes.


Ao criar esse personagem, levante o máximo de informações possíveis — idade, sexo, ocupação, dores, estado civil — as quais serão utilizadas nas próximas etapas.


2 - Escolha o canal de publicidade


O mundo digital oferece diversos meios de comunicação aos seus usuários: redes sociais, sites, blogs, e-mail, WhatsApp, YouTube e etc.


Para iniciar no marketing digital jurídico é preciso definir qual desses canais será utilizado por você para atrair clientes — dado que cada um possui estratégias diferentes.


Ah! Não há problema em utilizar mais de um canal, somente tenha cuidado para não ficar sobrecarregado e a alta demanda prejudicar a qualidade dos conteúdos.

De modo geral, os melhores canais para o marketing jurídico são:

  • Instagram;

  • Blogs;

  • LinkedIn;

  • YouTube;

  • E-mail.

3 - Determine seus objetivos


O que você deseja alcançar com o marketing digital jurídico? Aumentar a carteira de clientes? Ganhar mais autoridade entre os colegas? Dar mais visibilidade ao seu escritório?


Estabelecer objetivos é uma etapa que contribui para a avaliação dos resultados (ao final), assim como auxilia na hora de definir os tópicos anteriores.


Afinal, caso sua meta principal com o marketing jurídico seja aumentar sua rede de contatos profissionais, o canal ideal será o Instagram e a persona advogados.


Contudo, se seu objetivo é atrair mais clientes, a produção de conteúdos para blog será o canal e estratégia mais recomendados — e a persona deverá ser o perfil dos clientes.

Percebeu a importância dessa etapa? Então, separe um momento para estudar seu mercado de atuação, conhecer a concorrência e definir quais objetivos você deseja e são possíveis de serem alcançados.


Evite estabelecer metas impossíveis, pois além de atrapalhar a mensuração de resultados (que jamais será 100% positiva), também reduz o ânimo em relação ao processo.


4 - Estude as estratégias de marketing digital


Com todos os tópicos anteriores bem definidos, está na hora de conhecer quais são essas estratégias do marketing digital jurídico e escolher aquelas que melhor atendam às suas necessidades.


As principais são:


  • Tráfego Pago;

  • Tráfego Orgânico;

  • SEO;

  • Marketing de conteúdo;

  • Jornada do cliente e Funil de vendas.

Conheça também as ferramentas utilizadas pelos profissionais de marketing, como storytelling, copywriting e Newsletter.


Dica: faça um curso gratuito de marketing digital e aprofunde os seus conhecimentos na área, aumentando a qualidade dos conteúdos e dos resultados!


5 - Produza conteúdos


A produção de conteúdo é uma das estratégias do marketing digital favoritas da OAB, dado que seu principal objetivo é facilitar o acesso das pessoas a temas jurídicos, de forma prática e, na maioria das vezes, gratuita.


O formato do conteúdo a ser produzido dependerá do canal de distribuição escolhido por você.


Por exemplo, os advogados que escolhem o Instagram devem produzir conteúdos para redes sociais — posts, reels, vídeos, stories — enquanto os profissionais que optam pelo blog assumem o compromisso de criar artigos.


Atualmente, as plataformas mais recomendadas para produção de conteúdo, com base no número de acessos, são:

  • Instagram, que possui 1 bilhão de usuários ativos;

  • Google, com mais de 3,5 bilhões de pesquisas por dia, segundo o Internet Live Stats.

  • Tik Tok, apesar de ser considerado uma rede sociais de dancinha para muitos, a plataforma vem cada vez mais sendo utilizada no Brasil.

O LinkedIn também é uma excelente opção, sobretudo para profissionais que estabeleceram o networking como principal objetivo para o marketing digital jurídico.


6 - Mensure os resultados


A mensuração frequente dos resultados é fundamental para avaliar se as estratégias estão alcançando as metas desejadas — ou até mesmo esperadas, com base na concorrência.


Para essa avaliação, utilize métricas, indicadores e ferramentas adequadas.

Como tempo é dinheiro, quanto antes você eliminar métodos que não oferecem bons resultados, menos tempo você perde com essas soluções.


Ah! Caso novos métodos sejam lançados no mercado, capazes de oferecer resultados melhores, não tenha medo de incluí-los em sua estratégia!


7 - Peça ajuda de profissionais


Tentou aplicar o marketing digital jurídico sozinho, mas não conseguiu atender a todas as demandas? Então, está na hora de delegar!


Contrate profissionais especializados em marketing para assumir essas funções e até mesmo te ajudar a implementar estratégias mais eficientes.


Muitos advogados pensam ser muito caro contratar uma agência de marketing digital ou profissional por isso decidem fazer tudo por conta própria. As duas opções são válidas, mas há um maior custo-benefício na contratação de uma agência.


O ideal é contratar uma agência de marketing digital, que ofereça todos os serviços necessários para impulsionar seu negócio na internet!


Fique atento às restrições do Código de Ética da OAB!


O marketing digital jurídico é aprovado pelo OAB desde 2021, contudo, os advogados devem ficar atento a algumas restrições e cuidados estabelecidos pela Ordem:

  • Não é permitido ações de captação, mercantilização da profissão ou relacionados a sobriedade obrigatória do advogado na comunicação;

  • Vedado uso de termos de comunicação direta — como “Ligue agora”;

  • Não deve ser publicado conteúdos com precificação.

Em relação ao tráfego pago nas redes sociais, este é permitido desde que não seja feita nenhuma publicidade em relação aos serviços do advogado, para captar clientes.

Essa estratégia deve ser utilizada somente para impulsionar as publicações e levar seu conteúdo para mais usuários.


Recomendamos que, antes de aplicar as estratégias de marketing digital, leia na íntegra o Código de Ética e Disciplina e conheça os conceitos de cada ação, as vedações e recomendações determinadas pela Ordem e também o provimento 205/2021 que dispõe as novas regras de publicidade jurídica e busca favorecer o desenvolvimento de ações para melhor conectar os advogados com as novas ferramentas de divulgação online.


A OAB também criou o Comitê Regulador de Marketing Jurídico vinculado à Diretoria do Conselho Federal da OAB. O comitê tem por objetivo acompanhar a evolução do marketing digital em consonância com a advocacia.


Dicas para ter sucesso no marketing jurídico


Utilizar as estratégias certas é uma das maneiras mais eficientes de garantir o sucesso com o marketing digital jurídico. Entretanto, também é necessário ficar atento a algumas práticas fundamentais a esses resultados! Conheça abaixo as principais:


Descomplique termos


Palavras complicadas (e até mesmo em latim) aparecem com frequência no dia a dia dos advogados, seja durante uma consulta à legislação ou ao desenvolver uma petição.

Contudo, a maioria desses termos não fazem parte da rotina dos seus clientes e muitos desconhecem até mesmo seus significados.


Por exemplo, imagine que sua persona seja um operário com pouca formação acadêmica. Apresentar conteúdos com linguagem técnica e muito complicada somente irá afastar esse cliente em potencial!


Em contrapartida, ao produzir conteúdos com uma linguagem menos formal e mais rotineira, você não somente prende atenção do leitor, como também gera maior conexão com ele.


Para descobrir o tom de voz ideal, baseie-se no perfil da sua persona, desenvolvido nas etapas iniciais dessa estratégia.


Produza conteúdos atuais


Aconteceu um caso jurídico de grande repercussão? Uma nova legislação foi lançada? Houve mudanças importantes nas leis vigentes?


Esses são alguns exemplos de assuntos jurídicos que costumam virar notícia e conquistar o interesse da população. Aproveitar esses ganchos é uma excelente oportunidade para jogar os holofotes sobre os seus conteúdos — e quem sabe até mesmo viralizar.


Não esqueça de aplicar a dica acima e democratizar ao máximo seu conteúdo, afinal, o objetivo é ajudar as pessoas a entenderem o que está acontecendo e difundir a opinião legalmente certa.


Diversifique os formatos de materiais


Além dos artigos para blog e das publicações para Instagram, também há outros formatos de materiais digitais que podem ser publicados ou até mesmo comercializados:

  • Infográficos;

  • E-books;

  • Apostilas;

  • Vídeos;

  • Cursos;

  • Webinars.

Ao diversificar esses materiais, você aumenta o valor do seu site/perfil e consegue atrair ainda mais usuários.


Ademais, outro formato em alta atualmente é o podcast, que pode ser publicado tanto em formato de áudio nas plataformas de música, como em vídeo no YouTube.

Para deixar o conteúdo ainda mais interessante, convide colegas de outras áreas para responder perguntas ou inclua a participação do público!


Nota final


Deixe de lado o medo em relação ao mercado saturado, ultrapasse a concorrência e garanta maior visibilidade no mundo do Direito!


Implemente as dicas ensinadas ao longo desse material e escolha as estratégias de marketing digital jurídicos capazes de oferecer os melhores resultados para você.

Compartilhe esse material com outros advogados e ajude-os também a se destacar no mercado jurídico.

Aproveite as estratégias de marketing digital para escalar os resultados financeiros do seu escritório.

Gostou desse conteúdo? Veja também:

 

E caso precise de ajuda, a PWR Marketing Digital é uma agência especialista em marketing digital localizada em Alphaville-SP, Ribeirão Preto e Portugal com forte atuação no cenário nacional e internacional. Auxiliamos os nossos clientes a faturarem mais de 35 milhões de reais em vendas nos últimos 12 meses.


Veja nossos cases de sucesso e os resultados incríveis que já conseguimos com os nossos clientes,








22 visualizações0 comentário